instagram
Portal de Turismo de
Guaramirim

Guaramirim


{{previsaoTempo.dia1.diaSemana}} {{previsaoTempo.dia1.condicao}} min {{previsaoTempo.dia1.minima}} / max {{previsaoTempo.dia1.maxima}}
{{previsaoTempo.dia2.diaSemana}} {{previsaoTempo.dia2.condicao}} min {{previsaoTempo.dia2.minima}} / max {{previsaoTempo.dia2.maxima}}

Apresentação

LOCALIZAÇÃO:

Guaramirim integra a IGR – Instância de Governança Caminho dos Príncipes, foi colonizada por imigrantes alemães, italianos, poloneses e açorianos, está estrategicamente localizada na região da AMVALI – Associação dos Municípios do Vale do Itapocu, no centro dos principais polos industriais do Estado de Santa Catarina, como Joinville, Blumenau e Jaraguá do Sul.  É cortada por rodovias federal (BR 280), estadual (SC 108) e municipais, que formam um corredor de exportação, ligando-a ao planalto catarinense e aos mais modernos portos para cargas em containers, break bulk e a granel.

Está próximo dos aeroportos internacionais de São José dos Pinhais (169 km), Florianópolis (180km) de Navegantes (85 km), e domésticos Blumenau (47 km) e de Joinville (58 km).

A ferrovia conecta o município diretamente com a zona primária do porto de Paranaguá e zona retro do porto de São Francisco do Sul.

Distante apenas 19 km da BR101, próxima de cinco grandes portos, dois dos quais diretamente ligados com a linha férrea, e Guaramirim é uma referência com diferencial logístico inigualável e muito sedutora aos olhos de investidores nacionais e internacionais.

 

HISTÓRICO

Há alguns poucos estudos sobre a história de Guaramirim, contudo, todos sem grande fundamentação e consistência. Hoje já chegamos a uma primeira constatação, que não é possível entender a nossa história, sem antes estudar profundamente a história da nossa região, em especial a colonização desencadeada a partir de 1851 onde Joinville foi o alvo principal e por consequência São Bento do Sul, Jaraguá do Sul e Blumenau, só para citar cidades hoje de maior expressões econômicas e que foram frutos da Colonização Alemã.  Podemos assim constatar que no ano de 1855 ocorreu o primeiro contrato de demarcação, compreendendo quatro léguas quadradas em nosso verdejante vale, todavia não executado. Em 1859 o referido contrato foi renovado e sob a direção do engenheiro Wunderwald começou a ser executado, mas devido ao solo alagadiço e tido como imprestável novamente foram abandonados. Nova investida ocorreu, apenas a título de demarcação, no ano de 1873 quando uma expedição, comandada por Emílio Carlos Jourdan fundador de Jaraguá do Sul em 1876, subiu a Serra Dona Francisca em direção a São Bento do Sul, descendo pela margem direita do Rio Itapocú, até Jaraguá do Sul, nas imediações de onde hoje localiza-se o Parque Industrial Indumak,  atravessando assim o Rio Itapocú em direção ao Rio Itapocuzinho, e descendo em direção a Estrada do Sul via Brüderthal, chegando após quarenta dias exaustos e famintos à Joinville. Em 1886 um grupo de três Bálticos, vulgarmente chamado de Russos estabeleceu-se na Região de Brüderthal, fundos da Colônia Dona Francisca sob a liderança do Pastor Wilhelm Lange. Há cem anos atrás, chegou nesta região de mata e algumas choupanas, quatrocentas famílias vindas da Rússia e Letônia da cidade de Novgorod e Riga, trazidas pela imigração brasileira de São Francisco do Sul que se dividiram em colônias: Bruderthal, Vila Itapocuzinho, Rio Branco, Jacu – Açu, Campinas ou Capela São Roque, Guarani e Linha Telegráfica, terras pertencentes ao município de Joinville, Araquari e Blumenal hoje Guaramirim e Massaranduba. O Brasil não tinha tratado de imigração com a Rússia, este foi o grande motivo pelo qual os Russos não aparecem na História de Guaramirim. Eles viajavam de trem ou navio até Hamburgo, na Alemanha, e conseguiram o passaporte como cidadãos Alemães e chegavam aqui como cidadãos Alemães e não Russos. Passados cem anos, quase todos imigraram para São Paulo e Paraná, sendo que umas 30 (trinta) famílias voltaram para a Rússia e em 1933 deram vez aos Italianos que hoje estão por todas as partes do município. Esse grupo era membro da seita ou comunidade Herrenhuter.  Em 1887, um grupo de colonos que dirigia-se a colônia Jaraguá, aportou as margens do Itapocuzinho, vindos da Europa através do VAPOR DESTERRO, que atracou no Porto de São Francisco do Sul, sob a liderança do professor Gustav Doubrawa, estabelecendo-se a margem do Rio Itapocu, originando-se depois Bananal e hoje Guaramirim.

Acompanhavam o professor e agrimensor Gustav Doubrawa os seguintes imigrantes: Karl Schaefer (sapateiro e homeopata), Dr. Carl Kärger (1.º médico), Anna Frenzel, Johan Achtel, Frederico Meuslen,  Carl Bartol, Hermann Leifer, Josef Rech, Ludwig Fossile, (1.º Comerciante e Açougueiro), Eduard Gretsch, Franz Kohlbach, Theodor Saade, Ludwig Meslin, Carlos Colli, Bernad Wien, Algust  Nürberg, Johan Doubrawa, Carl Nürberg, Carl Dencker, Otto Reehmor, Ferdnand Hans, Carl Schäefer, Carl Hädke, Robert Schäefer, Gustav Karmann, Wilhelm Schwarz, Julius Friedmann, Ferdinand Hansch,  Carl Vasel e Gustav Karmann que tinha os lotes n.º 1771, 1772 e 1775 onde em 1891 passou para os Friedmann. Também havia alguns brasileiros já estabelecidos no caminho do Itapocu, sendo eles: Salvador Cordeiro (Inspetor de Quarteirão), José João Vieira, Thomas Vieira, João Cordeiro, Firmo Venâncio da Rosa, Manoel Alves da Siqueira, José Vicente Caetano, Bento Ricardo de Souza.

Este é considerado o marco inicial do povoamento de Bananal, já que não há outros registros oficiais a respeito. Em 1891, o professor Gustav Doubrawa, foi escolhido pelo Pastor Wilhelm Lange, de Brüderthal, para lecionar na escola para os próprios moradores, em casa de estilo enxaimel. As aulas iniciaram em 1892.

O Barracão de Imigrantes consistia em estrutura sólida e cercada de tábuas serradas “a Marangoni”, serviço braçal coberto com folhas de flandes galvanizada a zinco, cujo piso era de terra batida e oferecia agasalho para conter até 20 famílias.

Com implantação da Estrada de Ferro São Francisco do Sul - Porto União foi inaugurada a Estação Ferroviária de Bananal em 1910, hoje a edificação mais antiga da cidade. A estrada de Ferro trouxe o progresso e em conseqüência deslocou o eixo da colônia para as imediações da Estação Ferroviária, ficando o marco inicial em segundo plano.

Uma outra referência pertinente aos primórdios de Guaramirim pode-se fazer em relação à implantação em 1907 do Núcleo Federal Barão do Rio Branco que perdurou até 1930, vindo a sofrer um forte retrocesso. No ano de 1907 o Governo Federal de Afonso Pena criou por Decreto do Ministério da Agricultura (Instituto de Colonização Federal), o núcleo Barão do Rio Branco desmembrando do domínio Dona Francisca uma gleba com 192 lotes rurais e uma sede na qual foram edificadas 15 casas. Foram também construídos um correio, uma cadeia, uma escola, uma praça com serviço de metereologia, um barracão para os imigrantes, e o restante das casas para os funcionários do núcleo. Foi construída também uma capela que foi batizada com o nome de São José, sendo seu capelão até 1921 Cantalício Erico Flores.         

Todos os estudos efetuados nos revelaram de que Bananal (Guaramirim) é parte integrante da Colônia Dona Francisca e suas terras pertencentes a esta colônia, fruto do contrato efetuado, pelo senador alemão Mathias Schroeder que objetiva à referida colônia, maior foco de colonização agrícola da América do Sul pela extensão e produtividade.

Os primeiros Imigrantes vieram da colônia Dona Francisca e eram alemães; posteriormente chegaram italianos, açorianos, poloneses e outros que se assentaram no município.

O primeiro nome foi Itapocuzinho, posteriormente foi oficializado o nome de Bananal pela Lei n.º 281 de 02 de Julho de 1919.

Em 19 de Março de 1921 foi criado o distrito e em 1.º de Dezembro de 1938 foi promovido a categoria de Vila.

Por força do Decreto Presidencial, em 1944 o nome Bananal foi substituído por Guaramirim.

Em 28 de Agosto de 1949, o distrito foi emancipado de Joinville constituindo-se no município de Guaramirim (LEI - N.º 247 DE 30.12.48) .

Três fatores históricos moldaram a base da economia e o crescimento do município. O primeiro aconteceu em 1910, com a inauguração da Estação Ferroviária, que fortaleceu o comercio local. Em 1930, teve início o ciclo da industrialização, destacando-se as indústrias de cana de açúcar, cachaça e cerâmica. A partir de 1970, as indústrias moveleira, de conservas, massas alimentícias, metalurgia, tintas e vernizes e do vestuário, surgiram como nova fonte de geração de riquezas do município. Hoje, Guaramirim busca um novo salto econômico, com iniciativas que assegurem benefícios há instalação de novos empreendimentos no município.

  

Em relação ao nome há duas versões que são:

*Guaramirim, nome de origem indígena que significa Pequena Garça Vermelha (adotado como a versão oficial e que faz parte do Brasão do município); quando o padre francês Claude d’Abbeville chegou ao Brasil, em 1612, deslumbrou-se com o manto, de plumas vermelhas, usado pelos índios tupinambás, o acoiave. Na História da Missão dos Padres Capuchinhos na Ilha do Maranhão, escreveu: “Os homens da terra usavam o acoiave tecido com as mais belas penas, não para esconder o corpo, mas sim para se mostrarem mais belos em seus festins e solenidades”. A majestade da vestimenta que encantou o franciscano vinha da penugem do guará (Eudocimus ruber), que habitavam os manguezais da costa brasileira. Ao contrário das tribos tupinambás e tupiniquins, que foram dizimadas no século XVII, esse parente das garças e das cegonhas não integra a lista atual de espécies ameaçadas de extinção. Mas, hoje, colore uma área menor do país, restrita aos manguezais da Região Norte. Há uma exceção: a Baixada de Cubatão, no litoral de São Paulo. Lá um grupo de 600 indivíduos resiste, surpreendentemente, à poluição industrial. A cor do guará vem da alimentação baseada em crustáceos. “Todos os caranguejos carregam caroteno”, explica o ornitólogo Dante Teixeira, do museu nacional, no Rio de Janeiro. “Esse pigmento vermelho absorvido pelas penas, deixa a ave escarlate”. Se o cardápio é alterado, a penugem desbota. No século XVI, quando o Brasil era colônia portuguesa, os guarás habitavam os manguezais da Ilha de Santa Catarina.

* Fonte: Revista Super Interessante (pág. 83).

 

HABITANTES

Segundo o Senso-2020 do IBGE a população estimada do município de Guaramirim é de 45.797 habitantes.

 

TERRITÓRIO, CLIMA E TEMPERATURA

A divisão territorial é de 65% de área rural e 35% urbana do montante de 243.20 km². Latitude: 26o 28’23”S. Longitude: 49o 00’10”W. Altitude: 30 metros acima do nível do mar.

O clima é sub tropical e a umidade relativa do ar gira em torno de 80%. Temperatura média inverno: não baixa de 7°C e não passa de 28°C. Temperatura média verão: não baixa de 18°C e não passa de 37°C. Geada de 1 a 3 vezes ao ano nos meses de junho, julho e agosto. E é comum nevoeiro em meados de abril a meados de outubro.

Fonte: Climaterra – Engenheiro Agrônomo Ronaldo Coutinho

 

RODOVIAS

O município é cortado por rodovias federais, estaduais e municipais. O sistema viário local é formado por 500 km de rodovias municipais, 27 km de rodovia estadual, e 15 km de rodovia federal. O município está localizado no maior polo geoeconômico de Santa Catarina, entre os municípios de Joinville, Blumenau e Jaraguá do Sul. A Ferrovia América Latina Logística e a Rodovia BR-280 cortam o município, formando um corredor de exportação, ligando-o ao planalto norte e oeste do estado e aos portos do catarinense como Itapoá, São Francisco do Sul, Itajaí, Navegantes e Imbituba. A rodovia SC – 108 liga Guaramirim a Massaranduba e a SC – 474 liga Massaranduba a Blumenau.

 

RODOVIAS, DISTÂNCIAS E TEMPO

Distância entre Guaramirim e as Cidades atendidas pela Rodoviária Municipal

CIDADE

KM

Balneário Camboriú

88km – BR 101 ou 123km - 470 

Barra Velha

49km 

Blumenau

55km/81km via Pomerode 

Campos Novos

317km 

Canoinhas

225km 

Chapecó

592km 

Corupá

30km 

Curitiba

166km 

Curitibanos

292km 

Florianópolis – Capital

174km/207km 470 

Garuva

72km 

Gaspar

76km 

Ilhota

92km 

Indaial

64km

Itajaí

77km/112km 470

Jaraguá do Sul

10km 

Joaçaba

422km 

Joinville

38km 

Lages

 311km

Fonte – Rodoviária Guaramirim

 

Distância entre Guaramirim e as Capitais do Brasil

Capitais brasileiras

km

Aracaju - SE

2.767

Belém - PA

3.368

Belo Horizonte - MG

1.176

Boa Vista - RR

4.943

Brasília - DF

1.590

Campo Grande - MS

1.163

Cuiabá - MT

1.851

Curitiba - PR

167

Fortaleza - CE

3.713

Goiânia - GO

1.435

João Pessoa - PB

3.360

Macapá - AP

2.966

Maceió - AL

3.043

Manaus - AM

3.770

Natal - M

3.537

Palmas - TO

2.208

Porto Alegre - RS

677

Porto Velho - RO

3.307

Recife - PE

3.250

Rio Branco - AC

3.861

Rio de Janeiro - RJ

1.024

Salvador - BA

2.557

São Luiz - MA

3.402

São Paulo - SP

575

Teresina - PI

3.315

Vitória - ES

1.472

Fonte: Google

 

Tempo de vôo saindo do Aeroporto de Joinville

Principais cidades

Horas

Florianópolis – SC

25min

Belo Horizonte - MG

2 h

Brasília - DF

2h25min

Campo Grande - MS

1h10min

Cuiabá - MT

1h35min

Curitiba - PR

25min

Fortaleza - CE

4h20min

Porto Alegre - RS

50min

Recife - PE

3h50min

Rio de Janeiro - RJ

1h40min

Salvador - BA

2h50min

São Paulo - SP

50min

Asunción (PAR)

1h50min

Buenos Aires (ARG)

3h40min

Montevideo (URU)

3h20min

Fonte: Aeroporto de Joinville

 

 

PORTOS

Guaramirim é referência logística estratégica por estar próximo aos quatro principais portos da região.

 

Itapoá (SC) – Um dos mais modernos portos privados da América Latina para a movimentação de contêineres, tem cais de 630 metros de extensão e capacidade instalada inicial para movimentar 300 mil contêineres/ano. Está incluído entre as  principais rotas marítimas do mundo e cabotagem nos países do Mercosul. Com um calado natural de 16 metros, é adequado para receber navios de grande porte (com capacidade para 9 mil TEUs ou mais). Também funciona como um hub port, um porto concentrador de cargas, possibilitando o atendimento tanto de transportes de longo curso como cabotagem.

 

Itajaí (SC) – O Complexo Portuário do Itajaí lidera o transporte marítimo no estado e ocupa a segunda colocação no ranking nacional de movimentação de contêineres. Os 750 metros da estrutura de seu cais, com 14 metros de calado, são responsáveis por 80% do total exportado por Santa Catarina. Suas instalações ocupam mais de 15 mil m2 de área coberta para estocagem de produtos e 38 mil m2 descobertos para armazenagem de contêineres.

 

Navegantes (SC) – A Portonave está em operação desde 2007, com área total de 270 mil m2, estrutura de cais de 900 metros com três berços de atracação, sendo considerado um dos portos mais modernos do pais. Conta com profundidade de 11,3 metros e capacidade anual de movimentação  de 1 milhão de TEUs.

 

São Francisco do Sul (SC) – É o principal porto graneleiro catarinense e 80% de sua movimentação se destina à exportação. Conta com um cais de atracação de 780 metros e calado de 13 metros. Integrado ao Consórcio Atlântico do Mercosul, conta ainda com um ramal ferroviário interligado à cidade de Mafra, e desta tem conexão com o sistema ferroviário nacional.

 

 

PORTOS – SC/SP/PR

DISTÂNCIA DE GUARAMIRIM/KM

Imbituba – SC

252 km

Itapoá – SC

114 km

Itajaí - SC

91,9 km

Navegantes - SC

85,1 km

Paranaguá - PR

174 km

Santos – SP

647 km

São Francisco do Sul - SC

54,2 km

Fonte: Google

 

 

AEROPORTOS

Guaramirim localiza-se a 47km do Aeroporto Quero-Quero de Blumenau, a 58km do aereporto de Joinville, a 85 km do aeroporto de Navegantes e 140 km do aeroporto de Curitiba no Paraná. Operam as empresas Gol, TAM, Azul e Trip. Do aeroporto de Joinville partem diariamente vôos para São Paulo (Congonhas, Guarulhos e Campinas) e Rio de Janeiro (Galeão).

 

Aeroporto Internacional Afonso Pena

Localização: Avenida Rocha Pombo - São Cristóvão - São José dos Pinhais- Paraná

Fone: (41) 3381-1515

Fonte: Administração do Aeroporto de Curitiba

 

Aeroporto Internacional Hercílio Luz

Localização: Rodovia Deputado Diomício Freitas - 3393, Carianos, Florianópolis.

Fone: (48) 3331-4000

Fonte: Administração do Aeroporto de Florianópolis

 

Aeroporto Internacional Ministro Victor Konder

Localização: Rua Manoel Leopoldo Rocha – Navegantes

Fone: (47) 3342-1654

Fonte: Administração do Aeroporto de Navegantes

 

Aeroporto Lauro Carneiro de Loyola

Localização: Avenida Santos Dumont, s/n°. Bairro: Cubatão - Joinville

Fone: (47) 3467-1000 – Fax: 467-1259

Fonte: Administração do Aeroporto de Joinville

 

Aeroporto Quero-Quero

Localização: Rua Dr. Pedro Zimmermann, 4.505, Bairro Itoupava Central, Blumenau.

Fone: (47) 3337-1870.

Fonte: Administração do Aeroporto Quero-Quero

 

 

 

ECONOMIA

 

AGRICULTURA

Guaramirim se encontra entre os primeiros municípios catarinenses em produção de arroz irrigado. Produz aproximadamente 50.000 toneladas de sacas ocupando 6.400 hectares de terras.

A cultura da banana é o segundo produto agrícola cultivado no município, pois, envolve mais de uma centena de produtores produzindo 22.400 toneladas/ano em 800 hectares de terras.

A piscicultura está presente em quase todas as propriedades. Esta atividade está se profissionalizando e hoje é crescente o número de piscicultores que estão melhorando o acesso, a infra estrutura produtiva que envolve, aeradores, geradores de energia, redes pesca, etc.

A cultura das palmáceas também se apresenta de forma crescente, é parte integrante de 250 propriedades e a produção é absorvida pelas agroindústrias locais. O município é conhecido como Capital Catarinense da Palmeira Real.

Além dessas culturas o setor agrícola de Guaramirim é bastante diversificado, conta com atividades de reflorestamento, gado de corte, olericultura e atividades de agregação de valor à agricultura familiar, como é o caso do Projeto “Valorizar o Artesanal”.  Participam deste projeto agricultores que transformam de forma artesanal a matéria prima produzida em suas propriedades em deliciosos produtos que oferecem qualidade e segurança alimentar para quem os consome, os quais são inseridos no programa de merenda escolar e comercializados no comércio local ou a turistas.

O setor agrícola está organizado pelo apoio técnico da Secretaria Municipal de Agricultura, Fundação do Meio Ambiente, EPAGRI- Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural e Santa Catarina S.A, CIDASC – Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Associação Empresarial – ACIAG, Associação de Bananicultores – ABG, Associação de Irrigação - ADAI, Instituto Rota da Tilápia, Conselho Municipal de Agricultura e CODEC – Conselho de Desenvolvimento Econômico (Câmara Técnica de Agricultura).

 

 

 

SETOR DA INDUSTRIA

 

GUARAMIRIM – POLÍTICA DE INCENTIVOS

O município aplica a Lei Complementar, que trata de incentivos fiscais para empresas com intenção de instalar-se em Guaramirim.

  • ISENÇÃO DE TRIBUTOS MUNICIPAIS
  • ISENÇÃO DE TAXAS
  • OUTROS, NA FORMA DE LEI ESPECÍFICA

 

ZONA INDUSTRIAL

O zoneamento do município de Guaramirim contempla uma área industrial disponível de 18,51km2 às margens da BR-280 e SC-108.

 

ÁREA ESPECÍFICA

O município possui aproximadamente 200.000m2 de área especifica, destinada à novos investimentos, também às margens da BR-280.

 

PRINCIPAIS PRODUTOS DAS INDÚSTRIAS DE GUARAMIRIM

METAL MECÂNICA: Peças para tratores, engrenagens, coroas e pinhões para trator e caminhões, consertos de máquinas, reposição de peças, Nitretação.

TEXTIL E VESTUÁRIO: Tecidos (malha e tecidos), confecção adulto, infantil (masculino/feminino) e  roupas em geral, cama e mesa, praia, moda íntima.

PRODUTOS QUÍMICOS: Tintas, resinas, plásticos, embalagens, borracha, solventes, EPS, produtos de higiene e limpeza.

MADEIRA E MOBILIÁRIO: Móveis sob medida, estofados, colchões, madeira bruta e beneficiada.

ALIMENTOS: Conservas, embutidos derivados de carne suína, doces e salgados, geleias, sorvetes,bebidas.

CONSTRUÇÃO: Estruturas pré-fabricadas, Construção Modular

Fonte: PMG e ACIAG - Associação Empresarial de Guaramirim

 

COMERCIO

O comércio local é diversificado e apresenta um crescimento principalmente nos bairros, gerando oferta de produtos e aumento na geração de trabalho e renda. Neste setor o destaque é para os calçados, vestuário e alimentos.

 

 

 

CULTURA, TURISMO, LAZER E EVENTOS

Guaramirim possui lindas e bucólicas paisagens rurais que lembram a típica arquitetura europeia, repleto de belezas naturais em meio a vales e montanhas, as corredeiras sinuosas do rio Itapocu, muito utilizado para a pesca, contemplação e a prática da canoagem, a Rota da Tilápia que associa os municípios de Guaramirim, Massaranduba e Jaragua do Sul envolvendo toda a cadeia produtiva da psicultura, o cicloturismo com as Rotas Serra e Mar do Vale dos Encantos, a estrada Jacu-Açu reduto de produtos coloniais e artesanais e também o parque aquático Recanto dos Lagos, que é uma excelente opção de divertimento.

 

 

 

CULTURA

Importância da cultura para o nosso município

 

"A cultura não se herda, conquista-se."

André  Malraux

 

A Fundação Cultural, compreendendo a Casa da Cultura ”Paulino João de Bem", Biblioteca Pública Municipal e Arquivo Histórico do município tem grande potencial e importância para todos os munícipes na formação e valorização da cultura social, educacional e intelectual. A Fundação Cultural, através da Casa da Cultura, atende, adolescentes, jovens e adultos nas diversas áreas culturais, com oficinas de arte, danças, música e línguas. Disponibiliza aulas de balé, dança de rua, jazz, violão, canto coral, e flauta doce, aulas de italiano. Investe forte nas potencialidades artísticas como festivais de dança e da canção. Oferece condições aos artesãos do município em diversas habilidades. Respeita os profissionais das artes em suas tecnicidades e conhecimentos variados. Tem grande respeito pela história e evolução do município na humanização e na contextualização cultural. Assim, tem como objetivos e princípios o valor aos costumes, tradições, crenças e folclore do nosso povo, buscando o empenho, a realização e o respeito à cultura, à história e a quem junto construir este município progressista e imponente.

 

Fundação Cultural de Guaramirim

Casa Municipal de Cultura “Paulino João de Bem”

Biblioteca Pública Municipal “ Maria Iva Cabral da Luz”

Arquivo Histórico “Pastor Wilhelm Lange”

 

“Um país se faz com homens e livros”

Monteiro Lobato

 

 

AGENTES CULTURAIS - GUARAMIRIM

CORAIS

Coral da Paróquia Evangélica de Confissão Luterana em Guaramirim IECLB

Mattis Jensen  - (47) 9 9919-1213

Coral da Igreja Evangélica Assembleia de Deus

Oziel de Oliveira – (47) 3373-0865

Cora Fratelli D’Itália

Cecília Campigotto – (47) 9 9791-7289

Coro Infanto-Juvenil da Paróquia Evangélica de Confissão Luterana em Guaramirim

Mattis Jensen – (47) 9 9919-1213

ARTES CÊNICAS

Circo Teatro Pixirica

Carlos Urbanski – (47) 9 8823-7340

Luciano Feitosa

(47) 9 9770-3592

Clayton do Valle

(47) 9 9726-1904

ARTES POPULARES - FOLCLÓRE

Grupo Boi de Mamão

Zéca Timóteo – (47) 9 8849-2906

BANDAS

Banda Municipal *em reestruturação

Fundação Cultural

Banda da Igreja Ev. Assembleia de Deus

Valdecir Stechechen – (47) 9 9742-7051

ARTES PLÁSTICAS

Edson Ruon

(47) 9 8840-8420

Neiva Jackiny Souza

...............

DJ

Edson Kamer

(47) 9 9992-5554

ETNIAS – GRUPOS E SOCIEDADES

Sociedade Catarinense – Brüderthal

Carlos Engelman – (47) 9 9243-5571

Associação Italiana

Gilmar Marcarini – (47) 9 9229-0243

Circollo Trentino

Alírio Valentini -  (47) 9 9966-8234

CANTORES

Gustavo Bardin

Júlio (pai) – (47) 9 9983-2877

Rodrigo Seixas (Cover Raul Seixas)

(47) 9 9169-2122

Edevaldo (Grupo Motivasom)

(47) 9 9979-3273

Cleiton Borba

(47) 9 8905-5237

Ego & Gilmar

Valdemar – (47) 9 9167-1396

ESCOLAS DE MÚSICA

Escola de Música Guaramirim

Amaro Neto – (47) 9 9997-0045

Escola de Música Belas Notas

Ramon Castro – (47) 9 8818-4440

Escola de Música Santa Cecília

Lula – (47) 9 8823-8654

Escola Corti Music

Edir – (47) 9 9981-8736

Gelian Soberanski

(47) 9 9601-0954

DANÇA

Balé – Casa da Cultura

Fundação Cultural

Jazz – Casa da Cultura

Fundação Cultural

Dança do Ventre

Salimi – (47) 9 9720-1297

Fonte: Casa da Cultura “Paulino João de Bem”

 

  FESTAS RELIGIOSAS

Igreja

Evento

Mês

Local

Capela Nossa Senhora do Rosário

Festa de Padroeiro “São Sebastião”

Janeiro

Putanga

Igreja Santos Anjos

Festa Santos Anjos

Março

Avaí

Capela São José

Festa do Padroeiro “São José”

Março

Rio Branco

Paróquia Evangélica Luterana de Guaramirim

Festa de Maio

Maio

Centro

Capela São Pedro Apóstolo

Festa do Padroeiro “São Pedro Apóstolo”

Julho

 

Caixa D’Água

Matriz Senhor Bom Jesus

Festa Senhor Bom Jesus

Agosto

Centro

Paróquia São Pedro de Alcântara

Festa São Pedro de Alcântara

Outubro

Guamiranga

 

 

 

TURISMO

CULTURA, TURISMO, LAZER E EVENTOS

Guaramirim valoriza a cultura local por intermédio de uma Fundação Cultural, Casa Municipal de Cultura “Paulino João de Bem”, Biblioteca Pública Municipal “Maria Iva Cabral da Luz”, Arquivo Histórico “Pastor Wilhelm Lange” e diversos agentes culturais, corais, artistas, grupos folclóricos, bandas, artistas plásticos, grupos e sociedades que evidenciam as diferentes etnias, cantores, escolas de música, dança, festas religiosas entre outros.

É composto por diferenciais turísticos como o Santuário Rã Bugio, Restaurante Represa, Aeródromo, Projeto Guaramirim Cidade das Guirlandas, Rota da Tilápia e uma encantadora Mamãe Noel Rejane Mohr.

Possui lindas e bucólicas paisagens rurais, repleto de belezas naturais em meio a vales e montanhas que lembram a típica arquitetura europeia. É composto de corredeiras sinuosas do Rio Itapocu que é muito utilizado para a pesca, contemplação e a prática da canoagem.

Também faz parte das Rotas de Cicloturismo com a Rota Serra e Rota Mar do Vale dos Encantos.

Tem infraestrutura de equipamentos públicos e privados de hotelaria, bares, restaurantes e similares. Com diferenciais importantes como é o caso do Santuário Rã Bugio, Restaurante Represa, Projeto Valorizar o Artesanal, Aeródromo Vale Europeu e Projeto Cidade Cidade das Guirlandas. Também eventos como Festa de Rei e Rainha, Festas de Igrejas e Festival de Dança e Canção.

Ainda integram à oferta equipamentos de lazer o Parque Aquático Recanto dos Lagos,

Morro da Santa, Asa Branca Espaço de Eventos, Sociedade Atiradores Diana, Praças, Rota da Tilápia, Sorveterias, Recanto da Luz, Pousada Nart e Bar Zanzibar.

No setor de esportes é possível usufruir de Ginásios de esportes, Pista de Skate, Clubes de Tiro e Campos de Futebol.

Os eventos podem ocorrer no Ginásio de Esportes Rodolfo Jahn, ACIAG - Associação Empresarial de Guaramirim, CDL – Câmara de Diretores Logístico, Câmara de Vereadores, FAMEG e Asa Branca Espaço de Eventos.

Também se faz presente no município o Turismo Rural desenvolvido na localidade de Jacu-Açu que é reduto de produtos coloniais e artesanais, bem como empreendimentos de lazer como é o caso do Parque Aquático Recanto dos Lagos, o qual é uma excelente opção de divertimento.

 

 

DIFERENCIAIS TURÍSTICOS

 

SANTUÁRIO RÃ BUGIO

Rã-bugio é o nome usado pelos moradores antigos da localidade Brüderthal, em Guaramirim, SC, para uma rã que habita a Mata Atlântica, devido ao coaxar que é parecido com o som emitido pelo macho do macaco bugio.

O Instituto Rã-bugio para Conservação da Biodiversidade é uma organização não governamental (ONG), sem fins lucrativos que tem como missão defender as áreas remanescentes de Mata Atlântica para salvar o que restou da biodiversidade.

 

RESTAURANTE REPRESA

Fundado há 45 anos tem como especialidade o Tradicional Cascudo que deu origem ao slogan: “Venha saborear o melhor Cascudo do Brasil”. No cardápio, ainda se destacam outros pratos com peixes nobres e camarão, complementado com pratos à base de carnes.

Aberto todos os dias das 11h às 14h30min. -  Fone: 47 3373 6022 – Face: Represa Restaurante – E-mail: admfinanceiro@restauranterepresa.com.br

BR 280, Km 55 – Bairro Amizade

 

AERÓDROMO

O aeródromo de Guaramirim é um condomínio aeronáutico composto por 187 lotes e estrutura de lazer compreendendo área de 480 mil metros quadrados. A estrutura agrupa áreas de lazer, lotes industriais, escolas de pilotagem e paraquedismo, além de hangares para aviões e helicópteros. É utilizado como área de lazer e para fins comerciais e industriais já que a região é constituída por grandes indústrias que dependem dos grandes aeroportos e necessitam de preços mais atrativos e facilidade com a logística.

 

GUARAMIRIM - CIDADE DAS GUIRLANDAS

A Câmara de Vereadores, CDL – Câmara de Dirigentes Lojistas, ACIAG – Associação Empresarial e Prefeitura Municipal se uniram e criaram o Projeto Guaramirim Cidade das Guirlandas. Este projeto vem sendo desenvolvido desde 2017 como uma estratégia inovadora para aquecer o comércio local e objetiva decorar a cidade com guirlandas de diferentes tamanhos em datas comemorativas como Páscoa e Natal para que a mesma fique mais bonita e atraente para os habitantes locais e visitantes.

MAMÃE NOEL

A Mamãe Noel de Guaramirim é encantadora. Professora na rede municipal de ensino tem verdadeira paixão por crianças e idosos.

 

ROTA DA TILÁPIA

Essa rota envolve três municípios, é formada por pesque pagues e tem atraído cada dia mais adeptos à alimentação saudável, ambientes familiares, lindas paisagens, o desafio de pescar seu próprio peixe e a emoção de dividir com a família e amigos momentos bons e divertidos.

 

 

 

INFRAESTRUTURA DE TURISMO, EVENTOS E LAZER

 Turismo

 

CARÁTER

NÚMERO

Bares, restaurantes e similares

Privado

148

Hotéis

Privado

3

Diferenciais Turísticos

 

 

Santuário Rã Bugio

 

 

Restaurante Represa

Privado

1

Aeródromo Vale Europeu

Privado

1

Cidade das Guirlandas

Público/Privado

1

Eventos

 

 

Festa de Rei e Rainha

Privado

2

Lazer

 

 

Parque Aquático Recanto dos Lagos

Privado

1

Morro da Santa

Privado

1

Asa Branca Espaço de Eventos

 

Privado

1

Sociedade Atiradores Diana

Privado

1

Praças

 

Público

3

Rota da Tilápia

Privado

5

Sorveterias

Privado

3

Recanto da Luz

Privado

1

Pousada Nart

Privado

1

Bar Zanzibar

Privado

1

Esporte

 

 

 

Ginásios de esportes

Público

3

Pista de Skate

Público

1

Clubes de Tiro

Privado

2

Campos de Futebol

Público/privado

5

Fonte: Prefeitura Municipal de Guaramirim

 

 

LOCAIS PARA EVENTOS

 

GINÁSIO DE ESPORTES RODOLFO JAHN

Fundado no ano 1980, com àrea construída de 1.076,70m2 pode abrigar eventos como: jogos, exposições, palestras, feiras. Sua infraestrutura é composta por banheiros, chuveiros e vestiários, com capacidade para atender 2.000 pessoas. Estacionamento para 300 carros. Endereço: Rua João Butschardt (anexo ao trevo).

 

ACIAG - ASSOCIAÇÃO EMPRESARIAL DE GUARAMIRIM

Com área total construída de 633,00 m², possui estacionamento com 1.039,50 m² permite realização de eventos como: palestras, treinamentos, seminários, workshops, reuniões e convenções. Ambientes climatizados, wireless e equipados – Sala de Treinamento: 35 lugares; Auditório: 212 lugares; Miniauditório: 60 lugares, Sala de Reuniões: 16 lugares, e Plenário: 55 lugares. Com sede própria localizada na rua 28 de Agosto, 890, Centro - 89270-000. Fone DDR (47) 3373 7500. E-mail – aciag@aciag.com.br e Site: www.aciag

 

Imagem ilustrativa região turística Caminho dos Príncipes

Caminho dos Príncipes

A região recebeu esse nome por fazer parte do dote da princesa Francisca Carolina, irmã de D. Pedro II, quando se casou com o príncipe de Joinville. A Serra do Mar e seu entorno com a Mata Atlântica, córregos e cachoeiras, o histórico município de São Francisco do SUl e as charmosas paisagens rurais encantam os visitantes. Também chama a atenção as festas conhecidas nacionalmente como a Festa das Flores e o famoso Festival de Dança de Joinville.

Saiba mais sobre a região Caminho dos Príncipes acessando o
IDMS de Guaramirim
Índice de Desenvolvimento Municipal Sustentável
0,000
Borracharia, oficinas, clínicas, farmácias, imobiliárias, guias de turismo, telefones úteis, etc... Conheça o guia completo de serviços de Guaramirim.
Saiba Mais

COMO CHEGAR

PRINCIPAIS DISTÂNCIAS

Florianópolis, SC 183 km 2 horas 25 minutos Ver mapa >
Blumenau, SC 59,3 km 1 hora 9 minutos Ver mapa >
Joinville, SC 41,6 km 40 minutos Ver mapa >
Chapecó, SC 494 km 7 horas 29 minutos Ver mapa >
Lages, SC 268 km 4 horas 27 minutos Ver mapa >
Criciúma, SC 364 km 4 horas 29 minutos Ver mapa >
Porto Alegre, RS 619 km 7 horas 15 minutos Ver mapa >
Curitiba, PR 154 km 2 horas 22 minutos Ver mapa >
São Paulo, SP 543 km 7 horas 26 minutos Ver mapa >
Brasília, DF 1.527 km 19 horas 7 minutos Ver mapa >